Heinrich-Böll-Stiftung

Um Novo Marco da Biodiversidade… para quê e para quem?

Quase uma década após a Convenção sobre Diversidade Biológica (CDB) definiar as Metas de Biodiversidade de Aichi, as evidências mostram que as ações tomadas para implementá-las não foram suficientes. Como deveria ser um novo marco da biodiversidade?

por Gadir Lavadenz

Paradoxos digitais: uma conversa sobre controle e liberdade

Como podemos buscar uma vida plena na inescapável era digital? O debate "Paradoxos Digitais: uma conversa sobre controle e liberdade" trouxe como tema as ambivalências do mundo online, que é capaz de potencializar a democracia mas também de intensificar mecanismos de vigilância.

por Gabriela Pingarilho

Entrevista: "O caminho que devemos seguir não é o da flexibilização, é o da internalização dos custos sociais e ambientais na matriz dos investimentos"...

Hoje, às 12h28, pétalas de rosa vermelhas e brancas foram jogadas de um helicóptero sobre a ponte no rio Paraopeba, em Brumadinho (MG). Centenas de pessoas, incluindo familiares dos atingidos pelo rompimento da barragem assistiram enquanto faziam um minuto de silêncio. O ato marcou um mês da tragédia com a mina Córrego do Feijão, da empresa Vale, que deixou 179 mortos e 131 desaparecidos. 

por Manoela Vianna

Bolivianos, haitianos e venezuelanos – três casos de imigração no Brasil

As condições socioeconômicas da Bolívia, os desastres naturais no Haiti e a instabilidade política e econômica da Venezuela podem ser descritos como os motivos principais para os fluxos migratórios de bolivianos, haitianos e venezuelanos para o Brasil. Tão diferentes entre si, eles têm mais em comum do que pensamos. Trata-se de imigrantes majoritariamente não reconhecidos como refugiados, buscando melhores condições de vida.   

por Sebastian Lenders

Gênero e política: Um relato sobre checagem de fatos e notícias nas eleições 2018

Nas últimas eleições um grupo de jornalistas independentes criaram a Eté Checagem a partir da percepção de que muitas pautas vinculadas aos direitos humanos, mulheres, população LGBTQ+, juventude e negritude se tornaram alvos preferenciais das fake news. No tupi, Eté significa verdade, verdadeiro e a Eté Checagem é a primeira agência de checagem especializada nessas temáticas do Brasil. Foto: Renata Costa / Mídia Ninja  CC-BY-NC-SA 2.0

por Leila Leal, Viviane Tavares, Mariana Medeiros

Ativista alemão de direitos digitais participa de eventos no Brasil

O ativista alemão de direitos digitais Malte Spitz estará no Brasil em maio para participar de uma série de atividades em São Paulo e no Rio de Janeiro. Spitz chamou a atenção após processar a companhia telefônica Telekon, sob a acusão de que a empresa obtinha seus dados sem autorização. 

Podcast Tecnopolítica

O professor da Universidade Federal do ABC Sergio Amadeu comanda o Podcast Tecnopolítica. Os episódios são entrevistas com pesquisadores e ativistas que debatem como a tecnologia tem modificado nossas relações sociais, econômicas e políticas.

por Gabriela Pingarilho

Mulheres Digo, patriarcado e eleições na costa sul do Quênia

Jacinta Victoria S. Muinde conversa com Mariamu, líder local do movimento Maendeleo ya Wanawake em sua comunidade nas eleições de 1997 no Quênia. Ela conta sobre as mulheres Digo na costa sul queniana, que participam cada vez mais do panorama político. Mariamu parte do contexto dos anos 1990 e mostra como até as eleições em 2017 se abriram mais espaços para as mulheres exercerem sua autonomia sobre as relações sociais, econômicas e políticas. Foto: Heinrich Böll Stiftung Nairobi / CC BY-NC-ND 2.0

Uma paz feminista na Colômbia?

O acordo de paz da Colômbia é reconhecido internacionalmente como o mais inclusivo da história. O artigo apresenta qual foi o papel das mulheres neste caso, destacando a importância de aplicar uma perspectiva de gênero nas negociações de paz, que historicamente criam programas de reintegração que ignoram as necessidades, capacidades e realidades das mulheres. Foto: McKay Savage / CC-BY 2.0

Carta dos direitos fundamentais digitais da União Europeia

No contexto de nossa aproximação ao tema da digitalização, apresentamos uma iniciativa interessante sobre os direitos fundamentais digitais que estão sendo debatidos na Alemanha e em toda Europa. Conheça a carta.  

por Fundação Heinrich Böll

Flexibilização da Legislação Socioambiental Brasileira

Nos últimos cinco anos, a legislação socioambiental nacional tem sofrido constantes ataques, especialmente através de medidas propostas e/ou aprovadas pelo Congresso Nacional e pelo governo federal. O quadro se agravou dramaticamente no último ano. Um balanço do cenário.

Eleições 2018: um novo golpe contra as mulheres

pdf

A sub-representação das mulheres se aprofundou, o que torna o Brasil um caso alarmante quando comparado com o resto do mundo: as mulheres são 52% da população, 52,5% do eleitorado e quase metade das filiadas a partidos políticos, mas são menos de 15% dos representantes, o que nos coloca em 157º lugar no ranking da Inter-Parliamentary Union, composto por 196 países. Foto: Mídia Ninja / CC BY-NC-SA 2.0

Guia de Proteção a Defensores e Defensoras dos DHs da Baixada Fluminense/RJ

pdf

O Fórum Grita Baixada e a Rede de Mães e Familiares Vítimas da Violência do Estado da Baixada Fluminense criaram o “Guia de Proteção aos Defensores e Defensoras dos Direitos Humanos da Baixada Fluminense/RJ”. A publicação é uma ferramenta para que defensores de direitos humanos da região da Baixada Fluminense conheçam estratégias para se protegerem. 

No mundo

A Fundação Heinrich Böll pelo mundo