“Atlas da Carne: Fatos e números sobre os animais que comemos” disponível para download

“Atlas da Carne: Fatos e números sobre os animais que comemos” disponível para download

Designer: Victor Soriano — Créditos da imagem

Para falar sobre a cadeia de produção da carne e de suas consequências, a Fundação Heinrich Böll lançou o Atlas da Carne: Fatos e números sobre os animais que comemos. A publicação analisa como a grande demanda por essa produção contribui para o desmatamento na Amazônia, mudanças climáticas, poluição dos solos e da água, e, contraditoriamente, fome e pobreza.

Segundo dados apresentdos no Atlas, se o consumo de carne continuar crescendo, em 2050 os agricultores terão que produzir 150 milhões de toneladas extra de carne, agravando os problemas já mensurados. A satisfação pessoal por comida envolve questões éticas e políticas que podem passar despercebidas e esta publicação almeja fornecer informações para um consumo de carne mais responsável e sustentável.

O lançamento do Atlas da Carne: Fatos e números sobre os animais que comemos, aconteceu na terça-feira, dia 06/09/2016, no BRICS Policy Center. O evento foi transmitido em live streaming pelo Facebook. Para assistir, clique aqui.  A mesa de debates foi composta por Maureen Santos, coordenadora do Programa de Justiça Socioambiental, Cláudia Job-Schmidt, do IEPDA/UFRRJ, e Sergio Schlesinger, da Ong FASE. A mediação foi feita pelo jornalista Sidney Rezende.

Para fazer o download gratuito da publicação do Atlas da Carne no Brasil, clique aqui. O pdf do Atlas da Carne está disponível para download em inglêsalemãoespanhol e em francês.

 

Conteúdo relacionado

  • Atlas do Solo: terra, alimento e energia

    A Fundação Heinrich Böll lançou o Atlas do Solo (editado em inglês e alemão) que mostra como o acesso à terra é fundamental na luta contra a pobreza e a fome e que sem um solo saudável, não é possível uma produção de alimentos saudáveis.

    por Marilene de Paula
  • Soil Atlas: Facts and figures about earth, land and fields

    pdf

    Through misuse, we lose 24 billion tonnes of fertile soil every year. For the International Year of Soils in 2015, this Atlas shows, why the soil should concern us all. Jointly published by the Heinrich Böll Foundation and the Institute for Advanced Sustainability Studies.