COP20: o conto de Lima

COP20: o conto de Lima

Protesto em LimaProtesto em Lima. Creator: Greens MPs. Creative Commons License LogoEsta imagem está sob licença de Creative Commons.

Encerrada no domingo, dia 14, a COP20 mais uma vez não trouxe mudanças significativas, já que a conferência sinalizou que as negociações multilaterais continuam não dando respostas à altura dos problemas que o mundo sofre com os impactos das mudanças climáticas e com a forma que os Estados lidam com elas. Três especialistas da Fundação Heinrich Böll, que acompanharam a COP20 e a Cúpula dos povos, apresentam, em artigo em inglês, uma análise dos eventos.   

Leia o artigo aqui 

Conteúdo relacionado

  • O mito das emissões líquidas nulas

    As emissões resultantes da combustão de carvão, óleo e gás estão provocando o aquecimento do nosso planeta a uma velocidade tão rápida que parece quase inevitável a ocorrência de condições climáticas cada vez mais voláteis e perigosas

    por Lili Fuhr, Niclas Hällström
  • Marcha pela vida (no e) do planeta

    Ivo Poletto, assessor do Fórum Mudanças Climáticas e Justiça Social, faz uma reflexão sobre os desdobramentos da Cúpula dos Povos e da Cop 20, em Lima, Peru.

    por Ivo Poletto
  • “Mudemos o sistema, não o clima!”

    Com o tema “Mudemos o sistema, não o clima!”, começou hoje, em Lima, Peru, a Cúpula dos Povos frente às Mudanças Climáticas. O evento segue até dia 11 de dezembro com a estimativa de oito mil participantes e mais de 200 organizações do mundo todo.  

    por Manoela Vianna
  • Reflexões sobre a Financeirização da Natureza

    Em "Reflexões sobre a financeirização da natureza”, Barbara Unmüßig reúne dois textos com os mais recentes desafios ambientais, e reafirma o princípio da precaução no direito ambiental aliado aos princípios de justiça e democracia.

    por Naiara Azevedo

Adicione