21 anos da Fundação

Heinrich Böll no Brasil

EDITORIAL

Fundação Heinrich Böll faz 21 anos no Brasil: envolver-se é a única forma de enfrentar a realidade

Foi em 2000, no Rio de Janeiro, que a Fundação Heinrich Böll abriu seu escritório no Brasil. Um Brasil que vivia o primeiro período de fato de estabilidade democrática pós-ditadura militar, com fortalecimento das esquerdas e da centro-direita e a consolidação da sociedade civil.  De lá pra cá são 21 anos de trabalho, tendo da nossa janela a agradável visão da Baia de Guanabara. Ela nos inspira na tarefa de fortalecer o diálogo entre forças políticas e contribuir para desenvolver a democracia e os direitos humanos. Nesse caminho buscamos incansavelmente defender a preservação do meio ambiente com suas populações, alicerçando sempre nossas atividades e políticas a partir da perspectiva de equidade de gênero e de raça no Brasil.

Foi um longo caminho, com muitos encontros. Gente comprometida com a pauta dos direitos passaram por nossas salas e eventos. Tivemos muitas conversas divertidas, sérias, críticas e muitas delas geraram parcerias políticas que conduziram a processos de mudança nas políticas públicas, ao florescimento de novos pontos de vista, a defesa de um território em disputa e muitos casos mais.

A Fundação conta hoje com 33 escritórios internacionais e sua atuação alcança 60 países.  Entender o ideário de uma geração forjada no pós-guerra nos ajuda a explicar o que a organização faz pelo mundo. Nos anos 1970-1980 criou-se na Alemanha uma corrente política formada pelo movimento ambientalista e o pacifista, o movimento de mulheres e o movimento LGBT (como era conhecido na época). Alguns dos integrantes optaram por fundar um partido político nos anos 1980 e é nesse caldo político, feito desses movimentos, que surge o Partido Verde alemão conseguindo definitivamente cadeiras no Parlamento naqueles anos e se consolidando nos anos 1990.

Leia o editorial completo

Clique aqui
Há muito a fazer e muitas vezes os retrocessos são desoladores, mas a capacidade de adaptação, inovação e potência da sociedade civil brasileira nos inspira e nos move diariamente a construir um futuro mais justo e democrático.

EVENTOS

ATIVE O LEMBRETE

21 MOMENTOS ESPECIAIS

Veja o slideshow - passe o mouse por cima da foto e utilize as setas para avançar.

Evento O que é política verde hoje?, realizado em 2010, com a ex-senadora Marina Silva, candidata à Presidência da República. À esq. Thomas Fatheuer (Fund. Heinrich Böll), Marina Silva (PV) e Jean Pierre Leroy (FASE). Foto: Acervo, Fund. Heinrich Böll.
A Fundação Heinrich Böll acredita na produção de conhecimento e democratização da informação para fortalecer a luta pela garantia de direitos

21 PUBLICAÇÕES QUE MARCARAM NOSSA HISTÓRIA

MAIS SOBRE NÓS

Fotos da apresentação: Todos os slides acervo Fundação Heinrich Böll até slide gênero - Dia Internacional de Luta das Mulheres #8M - 08/03/2018 - Brasília (DF) - Mídia Ninja CC BY-NC-SA 2.0 / slides O que fazemos - Direito à vida – jovens negros vivo: Observatório de Favelas / Jacqueline Fernandes (No Ato parem de nos matar!' mães defendem a memória de seus filhos mortos em operações policiais nas favelas do Rio de Janeiro) e atividade do Observatório de Favelas no galpão Bela Maré, ambas disponíveis na página do Facebook do Observatório de Favelas.