Rio de Gastos 2016 - Edição 4

Rio de Gastos 2016 - Edição 4

Capa Rio de Gastos 4
12 agosto 2015 por
pdf

Na edição de agosto, o boletim "Rio 2016 de Gastos", produzido pelo o Instituto Políticas Alternativas para o Cone Sul (PACS), aborda a grande vitória das cinco maiores construtoras do Brasil com os megaeventos. Odebrecht, Andrade Gutierrez, Camargo Corrêa, OAS e Queiroz Galvão formam o grupo chamado de "cinco irmãs", que, apesar de citado nas denúncias de corrupção da Operação Lava-Jato, se beneficia da concentração dos contratos bilionários com a prefeitura e o estado do Rio de Janeiro e das isenções fiscais olímpicas.

Como é de conhecimento público, as obras dos projetos olímpicos envolvem recursos das esferas municipal, estadual e federal, além da participação do setor privado.

A presente pesquisa se restringiu aos dados orçamentários municipais e estaduais relacionados ao Rio 2016, nossos objetos de estudo, pois o orçamento federal envolve outra dinâmica e de intensa participação das empresas focadas em outros tipos de despesas - algo que dificultaria o isolamento dos "gastos olímpicos". Assim, buscamos os dados das empresas a partir de números disponíveis nos portais RioTransparente e Portal da Transparência. Para dados sobre o desempenho econômico das empreiteiras, utilizamos como fonte a revista Valor Econômico - Grandes Grupos, durante o período de 2005 a 2013, além do próprio site da Rio 2016.

Ressalte-se que os contratos entre empresas e poder público não configuram em si irregularidade. Obviamente, a influência das empreiteiras nos governos torna a política extremamente dependente do dinheiro dessas empresas principais financiadoras das campanhas eleitorais, influenciando diretamente nos rumos democráticos do País. Não à toa, a promiscuidade entre as daus esferas é apontada como constante fonte de favorecimento e corrupção.

Esta pesquisa foi feita em parceria com o Fórum Popular do Orçamento do Rio de Janeiro e os dados apresentados estão em moeda corrente.

Sumário:

  • Rio 2016 e as empreiteiras que já venceram antes do jogo começar 01
     
  • Empreiteiras construíram vitória inquestionável 02
     
  • Empresas se beneficiam de isenções fiscais olímpicas 03
     
  • Empresa de segurança listada entre "fornecedores oficiais" lucra com a ocupação da Palestina 03
     
  • 2013: Prefeitura do Rio usou verbas do Fundeb para promover "obras olímpicas" da gestão 04

0 Comments

Adicione

Adicione