O trigo é um dos três cereais mais cultivados do mundo

Não ao Trigo Transgênico

Sem debate público e por meio de processo irregular, Brasil pode liberar trigo transgênico. Este material analisa as consequências da aprovação.
For free

Em ofício entregue ao Ministério Público Federal (MPF) e à Comissão Técnica Nacional de Biossegurança (CTNBio), organizações que integram a Campanha Permanente contra os Agrotóxicos e pela Vida e o Grupo de Trabalho (GT) Biodiversidade da Articulação Nacional de Agroecologia (ANA) denunciam falta de transparência no debate sobre a liberação do trigo transgênico no Brasil. A possível aprovação configura grave ameaça para saúde, meio ambiente e economia. Entre as principais críticas estão: ausência de estudos sobre os efeitos adversos dos resíduos do glufosinato de amônio, agrotóxico que estaria presente no plantio do trigo transgênico; riscos à agrobiodiversidade, com contaminação genética e perda de variedades; e possível aumento do preço do alimento, algo ainda mais preocupante diante do avanço da fome no país. Este material analisa os dados de produção, distribuição, importação e consumo deste alimento, além das consequências dessa possível decisão.

Detalhes da publicação
Data da publicação
10/06/2021
Licença
Idioma da publicação
Português