Lançamento do livro: A "Nova Classe Média" no Brasil como conceito e projeto político

Lançamento do livro: A "Nova Classe Média" no Brasil como conceito e projeto político

Evento

Lançamento do livro: A "Nova Classe Média" no Brasil como conceito e projeto político

 
A publicação reúne artigos de cientistas sociais de algumas das mais prestigiadas universidades e assim como de altos representantes da sociedade civil brasileira. Traça um painel das mudanças ocorridas na estrutura social do país na última década para buscar compreender o quanto a emergência da chamada “Nova Classe Média” (NCM) tem de real ou de estratégia de marketing político do Governo do PT. O lançamento será no próximo dia 27 de agosto, em São Paulo, por iniciativa da Fundação Heinrich Böll Brasil. O evento contará com dois debates com a presença dos autores.

Assinam os artigos: Jessé Souza (UFJF); Sonia Fleury (FGV); Eliana Vicente (UFF); Cândido Grzybowski (Ibase); Marcio Pochmann (Unicamp); Celia Kerstenetzky e Christiane Uchôa (UFF); Waldir Quadros, Denis Maracci Gimenez e Daví José Nardy Antunes (Unicamp); Lucia Cortes da Costa (PUC-SP); Amélia Cohn (Unicamp); Claudio Salm e Ligia Bahia (UFRJ); Marilene de Paula (Fundação Heinrich Böll); Nina Madsen, (Cfemea); Ivo Poletto (Fórum Mudanças Climáticas e Justiça Social); Elísio Guerreiro do Estanque (Faculdade de Economia da Universidade de Coimbra).

O livro apresenta críticas presentes nas manifestações que explodiram em junho por todo país e ainda estão em curso. Educação e saúde, palavras de ordem dos protestos, aparecem como exemplos no livro de serviços básicos públicos que continuam precários, apesar do aumento da renda do brasileiro. Assim, a frase “não é por 20 centavos, é por direitos” está interligada aos argumentos dos artigos da publicação, que identificam no conceito de NCM – formulado pelo presidente do Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea) e “pai da Classe C”, Marcelo Néri – uma base unidimensional que leva em conta apenas a renda.

Para o editor da publicação e diretor da Fundação Heinrich Böll, Dawid Bartelt, pouca coisa poderia servir melhor como legado do mandato de um presidente do que ter criado uma “Nova Classe Média”: “Não surpreende o fato de que durante os governos Lula e Dilma ter sido construída uma narrativa que organiza os ganhos reais dos salários de pessoas de baixa renda e os avanços nas políticas sociais sob este título. Fica logo evidente que se trata menos de um fato sociológico e mais de um projeto de estratégia e marketing políticos”.

Serviço do lançamento
Data: 27 de agosto
Local: Instituto Pólis (Rua Araújo, 124, Centro – São Paulo)
10h – Abertura com Silvio C. Bava e Dawid Bartelt
10h30 – Debate com os autores Waldir Quadros, Sonia Fleury, Christiane Uchôa e Elísio Estanque
14h – Debate com os autores Nina Madsen, Ligia Bahia e Cândido Grzybowski

 

 
 
 
 

0 Comments

Adicione

Adicione