3º Festival Internacional de Filmes sobre energia Nuclear

3º Festival Internacional de Filmes sobre energia Nuclear

Notícia

3º Festival Internacional de Filmes sobre energia Nuclear

Foto: Equipe do Uranium Film Festival 2013 e o cineasta Shri Prakash

 

A terceira edição do Uranium Film Festival aconteceu no Rio de Janeiro entre 16 e 26 de maio. Mais de cinquenta filmes de 19 países foram exibidos na cinemateca do Museu de Arte Moderna. A Fundação Heinrich Böll é uma das organizações que apóiam o festival.

Índia: o foco de 2013
No início de 2013, a organização do Uranium Film Festival exibiu, para cerca de 5000 pessoas, uma seleção de filmes das 1ª e 2ª edições do festival em dez cidades da Índia: Nova Delhi, Shillong, Ranchi, Manipal, Hyderabad, Pune, Bangalore, Chennai, Thrissur e Mumbai. Em cada cidade foi realizada uma mostra de três dias com exibição de filmes e debates em universidades e escolas. A partir da repercussão positiva, o foco da 3ª edição do festival no Rio foi a Índia. A Índia e o Brasil continuam investindo na geração de energia nuclear, diferente de países como Alemanha. Além de usinas nucleares, a Índia também investe em mineração de urânio - o combustível nuclear. Nesse sentido, há uma forte mobilização na índia contra energia nuclear. No momento muitas pessoas da região Sul do país lutam contra a construção de uma nova usina nuclear, em Kudankulam.

Oscar Amarelo
Uma premiação para os melhores filmes – o Oscar amarelo – também faz parte de todas as edições do festival. Neste ano, seis produções foram premiadas em uma cerimônia que contou com a presença de sobreviventes da bomba atômica de Hiroshima e Nagasaki. O troféu do Uranium Film Festival é uma obra de arte feita pelo artista contemporâneo Getúlio Damado.

'Atomic Ivan' foi escolhido o melhor longametragem de ficção. O filme é uma comédia romântica russa, dirigida por Vasily Barkhatov,em 2012. É o primeiro filme de Vasiliy Barkhatov que também é diretor de teatro. O filme foi rodado na Usina Nuclear Kalinin, localizada a cerca de 200 km de Moscou, e na Usina Nuclear de Leningrado, perto de São Petersburgo. A filmagem marcou a primeira vez que as agências nucleares russas abriram as portas para os cineastas.

Premiações:

  • Categoria Longametragem Ficção: 'Atomic Ivan'. Rússia, 2012, 91 min, Direção Vasily Barkhatov, Produção Executiva, Viktoria Gromik, Telesto Film.
  • Categoria Curtametragem Ficção: 'Curiosity Kills' (A Curiosidade Mata). Estônia, 2012, 14 min, Direção Sander Maran.
  • Categoria longametragem Documentário: 'Nuclear Savage: The Islands of Secret Project 4.1' (Selvagem Nuclear: As ilhas do Projeto Secreto 4.1). EUA, 2012, 87 min, Direção Jonas Adam Horowitz.
  • Categoria Curtametragem Documentário: 'High Power' (Alta Voltagem). Índia, 2013, 27 min, Direção Pradeep Indulkar.
  • Categoria Filme de Animação: 'Abita'. Alemanha, 2012, 4 min, Direção Shoko Hara & Paul Brenner.
  • Categoria Estudantil: 'No to Nuclear Jordan' (Jordânia sem Nuclear). Jordânia, 2012, 7 min, Direção Solenne Tadros.

O Festival em Números

  • 140 Filmes recebidos
  • 52 Filmes exibidos
  • 19 Países
  • 10 Menções honrosas
  • 6 Troféus "Oscar Amarelo"

Mais informações sobre o festival: www.uraniumfilmfestival.org/ info@uraniumfilmfestival.org

Outras notícias:

 

 

 
 
 
 

0 Comments

Adicione

Adicione