Cadernos Religião e Política: Caminhos abertos para superar o ódio e a intolerância na Bahia

Cadernos Religião e Política: Caminhos abertos para superar o ódio e a intolerância na Bahia

Capa da publicação
21 janeiro 2019 por Ana Gualberto e Camila Chagas
KOINONIA Presença Ecumênica e Serviço e Fundação Heinrich Böll
pdf
Local da publicação: Salvador (BA)
Data da publicação: 21 de janeiro de 2019
Número de páginas: 50
Licença : CC-BY-NC-ND 4.0
Idioma da publicação : Português
ISBN: 978-85-99416-13-6.

Olhan­do para o universo do estado da Bahia, existem iniciativas que têm buscado de formas diversas, incidir positivamente para mudar este quadro. Onde estão essas iniciativas? O que deu certo? O que podemos aprender com as iniciati­vas que não deram certo? Como incidir pela efetividade das ações? Durante os meses de agosto e setem­bro de 2018  KOINONIA se dedicou a reu­nir informações sobre os instrumentos e ações em combate a intolerância e ódio religioso na Bahia visando responder es­sas questões, tendo como marco tem­poral pós caso Mãe Gilda1 falecida em 2000. A organização apresenta uma breve aná­lise da eficácia e funcionamento das ações nesta publi­cação.

A publicação é um instrumento útil para aqueles dedicados a combater a intolerância religiosa utilizando o caminho jurídico.

 

Sumário:

A liberdade religiosa como direito fundamental

Pg. 11

Intolerância religiosa  como crime

Pg. 16

Instituições do poder público

Pg.20

Organizações e iniciativas da sociedade civil

Pg. 32

Ações das comunidades de terreiro em seus espaços

Pg. 40

Conclusão

Pg. 48