All Content

Ecologia Política – Todas as publicações

41 - 60 de 72

Aldeia - 2º semestre 2014

pdf

A FASE Amazônia e o Fórum da Amazônia Oriental lançam a última edição do jornal Aldeia. O tema da agroecologia ganha destaque, com análises do III Encontro Nacional de Agroecologia e da importância do papel das mulheres rurais amazônicas nessa atividade.

Reflexões sobre a Financeirização da Natureza

pdf

Em "Reflexões sobre a financeirização da natureza”, Barbara Unmüßig reúne dois textos com os mais recentes desafios ambientais, e reafirma o princípio da precaução no direito ambiental aliado aos princípios de justiça e democracia.

Aldeia - 1º semestre 2014

pdf

A Fase Amazônia, o Grupo Carta de Belém (GCB) e o Fórum da Amazônia Oriental lançaram mais uma edição do jornal Aldeia, uma publicação que traz temas como gestão territorial, grandes projetos e direitos.

Protocolo Comunitário das Raizeiras do Cerrado

pdf

O Protocolo Comunitário das Raizeiras do Cerrado busca criar instrumentos políticos para que se garanta o direito de exercício da medicina tradicional. Além disso, ele deve contribuir na luta pela promoção, manutenção e respeito dessas práticas. A importância das raizeiras na conservação ambiental, e o impacto da construção de grandes projetos na região de Cerrado também são temas da publicação.

A energia eólica no litoral do NE no Brasil

pdf

A energia eólica tem um importante papel a desempenhar na matriz energética brasileira enquanto alternativa às fontes de energia fóssil e atômica. No entanto, o modo de implementação dos projetos vem gerando diversos conflitos com populações afetadas indicando casos de injustiça ambiental.

Mosquitos geneticamente modificados: preocupações atuais

pdf

A versão em português do livro Mosquitos Geneticamente Modificados: Preocupações Atuais, publicado pela  Third World Network e Fundação Heinrich Böll Brasil, foi lançado durante o 2º Simpósio Brasileiro de Saúde e Ambiente (SIBSA). O livro aponta uma série de preocupações em torno ao uso do Aedes aegypti geneticamente modificado (GM) como forma de controle de mosquitos com o objetivo de diminuir os casos de dengue.
 

Cadernos da Amazônia (Número 1)

pdf

A expansão da monocultura da soja, a construção de grandes hidrelétricas e a chamada economia verde são o carro-chefe do modelo de desenvolvimento vigente na região amazônica. As consequências, contradições e a resistência das comunidades e povos tradicionais frente a esses projetos são apresentadas no 1º Caderno Amazônia, produzido pela Terra de Direitos. A Terra de Direitos é parceira da Fundação Heinrich Böll

Bölletim Rio+20 nº 1

pdf

Em pauta: economia verde, mecanismos de compensação ambiental, atuação do governo brasileiro e muito mais.

Visões alternativas ao Pagamento por Serviços Ambientais

pdf

A publicação - disponível para download aqui - busca aprofundar as discussões e reflexões sobre as questões do Pagamento por Serviços Ambientais (PSA). O livro é resultado dos debates realizados durante uma oficina sobre o tema, realizada em 2012. A oficina tinha o objetivo de aprofundar a discussão de diferentes propostas, visões e conceitos alternativos ao PSA, fortalecendo os debates que vêm ocorrendo no grupo Carta de Belém, na Articulação Nacional de Agroecologia (ANA),na Via Campesina, no movimento sindical, entre outros. O livro foi organizado pela Fase com apoio da Fordfoundation, Ritimo e Fundação Heinrich Böll – Cone Sul

Sementes Trangênicas - Contaminação, Royalties e Patentes

pdf

Muito se fala em Sementes Transgênicas... mas você sabe o que são? Esta cartilha fala sobre estes assuntos, com objetivo de esclarecer dúvidas comuns sobre estes fatos e também de auxiliar o agricultor a prevenir-se de situações graves que podem começar a ocorrer por causa da disseminação das lavouras transgênicas.

O Brasil está nu: O avanço da monocultura da soja, o grão que cresceu demais (livro e cartilha)

pdf

De grão em grão – transgênico ou não – o cultivo da soja espalhou-se por todas as regiões do Brasil nas três últimas décadas. A abertura de novos mercados para a produção brasileira de grãos e o aumento do Produto Interno Bruto (PIB) gerado pelo agronegócio têm sido apresentados à sociedade brasileira, pelos representantes das organizações da agricultura patronal e pela mídia, como um bem em si mesmo.

O presente estudo busca trazer à luz, para o debate público, os “custos invisíveis” do atual modelo agrícola, particularmente nas regiões Centro-Oeste e Norte. Sergio Schlesinger e Silvia Noronha

Por que fazer um caderno sobre biopolítica?

pdf

Trata-se, na realidade, de um convite para pensar. E, para isso, propomos criar um tempo próprio para momentos de reflexão sobre temas que dizem respeito à nossa civilização e ao nosso futuro. Devemos compreender as grandes mudanças ocorridas na história da Humanidade dos pontos de vista econômico, social, ético, político e cultural, e enfrentar nossas dúvidas ou tomar posição quanto a ser este o mundo que queremos. Neste mundo, a natureza, todos os seres vivos e o conhecimento tornaram-se comerciáveis e a vida, em seus íntimos componentes, corre o risco de passar a ser propriedade privada.

Desenvolvimento e Conflitos Ambientais

 A coletânea de artigos que é o resultado de um projeto iniciado com o Seminário Nacional de Desenvolvimento e Conflitos Ambientais, lançada pela Editora UFMG, da Universidade Federal de Minas Gerais, pode ser adquirida nas principais livrarias do país. 

Novos caminhos para o mesmo lugar: a falsa solução dos agrocombustíveis

A defesa incondicional da suposta sustentabilidade do etanol brasileiro em particular, e dos agrocombustíveis de modo geral, no contexto das crises mundiais - financeira, alimentar, energética e climática – impede o debate franco e, assim, o avanço de um processo de transição energética, necessário no caminho para uma sociedade mais adequada aos limites ecológicos do Planeta. A propaganda de mega-proporções do governo brasileiro, associada à indústria canavieira, no afã de conquistar mercados de exportação, lança mão de uma série de instrumentos e medidas paliativas, ou mesmo inócuas, para blindar o avanço do agronegócio da energia.  Nesta publicação, os elementos desta estratégia são desconstruídos enquanto via de solução real para os enormes desafios sociais e ambientais que se colocam, bem como de minimização efetiva dos impactos que já se verificam no território. 

O grão que cresceu demais

Ao publicar este livro, a FASE pretende convidar a sociedade brasileira a debater um tema crucial para o futuro do nosso país. A expansão da soja nos interpela em diversas dimensões. Trata-se de um sistema de produção baseado em monoculturas, na concentração fundiária, no uso de agrotóxicos, fertilizantes, herbicidas e cada vez mais em transgênicos. Trata-se da aposta em um modelo de agricultura voltado para a exportação, que gera poucos empregos, que expulsa e esvazia a produção de alimentos voltada ao abastecimento do mercado interno, e cuja cadeia produtiva é cada vez mais dependente de grandes corporações transnacionais como a Cargill e Bunge. Trata-se de uma produção que gera divisas para equilibrar o saldo da balança comercial e, com isso, dar sustentação ao modelo econômico em curso.

Pages