Democracy

Oportunidade para estudantes de jornalismo e design

Estudantes de comunicação social com habilitação em jornalismo e design que estejam cursando do terceiro período em diante, podem se candidatar para uma vaga de estágio no escritório do Brasil da Fundação Heinrich Böll. Procuramos alguém que tenha interesse na defesa dos direitos humanos e justiça socioambiental, além de ser apaixonado por mídias sociais. As inscrições seguem até 24 de abril. 

É o fim da nova classe média?

pdf

Com a robusta mudança nos rumos políticos do Brasil, fizemos nova investigação sobre o tema as mudanças no espectro das classes sociais brasileiras. Estamos lançando a publicação: “É o fim da nova classe média? Trabalho, religião e consumo em tempos de crise”. Organizada por Dawid Bartelt e Marilene de Paula, o trabalho recebeu contribuições de intelectuais como Giseppe Cocco, Brand Arenari, Cândido Grzybowski e Carla Barros. Disponível para download, o paper registra artigos inéditos e conversas sobre o tema.

Apoio à sociedade civil sob pressão

pdf

Disponível em espanhol e inglês, este e-paper aborda as dificuldades de atuação de organizações da sociedade civil, a partir de restrições de inúmeros tipos que são colocadas sobre elas. O texto também resgata as possíveis estratégias de ação frente a esse quadro.

Böll Brasil contrata Assistente de Projetos

A Fundação Heinrich Böll está lançando edital para contratação de Assistente de Projetos. As interessadas e os interessados devem enviar currículo e carta de apresentação para selecao@br.boell.org até 9 de fevereiro. A pessoa escolhida começa as atividades em 1º de março. Leia o edital completo.

PACS lança relatório sobre o legado olímpico

Na última segunda-feira (31/07), o PACS divulgou o relatório “Rio Olímpico: qual o legado um ano depois dos Jogos?”. A publicação foi produzida com apoio da Fundação Heinrich Böll e da DKA Austria. O lançamento contou com a presença de pessoas afetadas de alguma maneira pelos Jogos Olímpicos.

por João Pedro Ribeiro

Legado Olímpico do Rio: dos cartéis ao “governo empresarial”

Este artigo se dedica a detalhas as relações de cartel entre as maiores empreiteiras do Brasil na execução das obras para as Olimpíadas, e de um funcionamento de governos de submissão aos interesses destas corporações.

por João Roberto Lopes Pinto, Mariana Werneck, Sílvia Noronha
Mais notícias e artigos

Democracia

Nas últimas décadas, o Brasil passou por um processo de democratização que trouxe para os cidadãos a garantia dos direitos políticos, com eleições livres e democráticas, estabilidade governamental e o fortalecimento de uma sociedade civil atuante.

Porém, esse processo não foi acompanhado pela diminuição da violência, melhor distribuição de renda e fortalecimento do Estado de direito. A radicalização da democracia e o fortalecimento de seus mecanismos são grandes desafios para a sociedade brasileira.

Nesse sentido, apoiamos iniciativas de promoção e capacitação de grupos autônomos da sociedade civil para a participação social. Disponibilizamos também estudos e promovemos debates em torno das transformações sociais que impactam os processos democráticos.

DOSSIÊ: JOGOS OLÍMPICOS 2016 NO RIO DE JANEIRO

Nova Classe Média: Mito ou Realidade?

NEWSLETTER

Assine o boletim de notícias da Fundação — CC-BY 2.0

Últimos Tweets

Subscribe to RSSAssine o RSS