Eleições 2018: um novo golpe contra as mulheres

Eleições 2018: um novo golpe contra as mulheres

Capa Analise das eleições 2018
27 fevereiro 2019 por CFEMEACfemea
pdf
Licença : All rights reserved.

A CFemea realizou um levantamento sobre a inclusão das mulheres na política brasileira nas últimas décadas. Os dados do artigo mostram um panorama sobre os avanços e retrocessos das eleições de 2018 em relação à presença feminina nos cargos de poder.

Segundo a organização, nota-se que a sub-representação das mulheres se aprofundou, o que tornou o Brasil um caso alarmante quando comparado com o resto do mundo: as mulheres são 52% da população, 52,5% do eleitorado e quase metade das filiadas a partidos políticos, mas são menos de 15% dos representantes (ver Gráfico 1 no PDF do artigo), o que nos coloca em 157º lugar no ranking da Inter-Parliamentary Union, composto por 196 países. Isso deixa o Brasil em último lugar na América do Sul e em penúltimo nas Américas no que tange a representação parlamentar feminina (perdemos apenas para Belize).