É o fim da nova classe média?

É o fim da nova classe média?

Vendedor de batata-frita no Complexo da Maré
19 outubro 2017 por Fundação Heinrich BollDawid Bartelt, Marilene de Paula
Fundação Heinrich Böll
pdf
Local da publicação: Rio de Janeiro
Data da publicação: Outubro de 2017
Número de páginas: 118
Licença : CC-BY
Idioma da publicação : Português
ISBN: 978-85-62669-22-4

Durante os últimos 15 anos, se intensificou o debate sobre a existência de um novo estrato social no Brasil, que chegou a ser chamado de “nova classe média”, termo cunhado pelo economista Marcelo Neri. Tentando investigar o fenômeno, e as múltiplas complexidades por detrás dele, a Fundação Heinrich Böll desenvolveu debates que culminaram, em 2013, na publicação “A Nova Classe Média como Conceito e Projeto Político”.

Agora, em 2017, com a robusta mudança nos rumos políticos do Brasil, fizemos nova investigação sobre o tema. A partir desse trabalho, estamos lançando esta publicação: “É o fim da nova classe média? Trabalho, religião e consumo em tempos de crise”. Organizada por Dawid Bartelt e Marilene de Paula, o trabalho recebeu contribuições de intelectuais como Giseppe Cocco, Brand Arenari, Cândido Grzybowski e Carla Barros. Disponível para download, o paper registra artigos inéditos e conversas sobre o tema.

Com o trabalho, tocamos em debates importantes, como a relação desse novo mapa social brasileiro com o crescimento das igrejas evangélicas neopentecostais. Fazemos a reflexão sobre a nova configuração do capitalismo brasileiro, e sobre como este novo espectro social se vê retratar na teledramaturgia brasileira.

Sumário:

1. Apresentação – 9

2. Mergulhando na conversa: Os novos pobres e as transformações da sociedade brasileira – 14

3. Onde estão as novas classes médias? – 52
Por Cândido Grzybowski

4. O pentecostalismo e os novos atores sociais coletivos no Brasil: notas a respeito de uma revolução cognitivo religiosa – 66
Por Brand Arenari

5. A “Nova Classe Média” nas telenovelas brasileiras: aspectos culturais e representações sociais nas mudanças em curso – 82
Por Carla Barros

6. Depois da “Nova Classe Média”: Trabalho e Capitalismo Contemporâneo – 95
Por Giuseppe Cocco